free bootstrap theme

O novo presidente da Federação Internacional de Diabetes da Região das América Central e do Sul!

Dr. Balduino Tschiedel é novo presidente da Federação Internacional de Diabetes da Região das América Central e do Sul

Mobirise

Desafio é uma das palavras que mais define o Dr. Balduino Tschiedel, Diretor- Presidente do Instituto da Criança com Diabetes e Ex-presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes.

O significado no dicionário da palavra desafio consiste em: ato de desafiar, chamamento para qualquer modalidade de jogo, peleja, competição, ato de incitar alguém que faça algo, além de suas possibilidades. Este significado está totalmente em sintonia com nosso entrevistado. Dr. Balduino se desafia continuamente na sua vida e vou explicar os motivos.

Em 1997, Dr. Balduino percebeu que os pais das crianças com diabetes tinham muita dificuldade de atendimento nos hospitais e teve a grande ideia de ter um espaço que pudesse tratar dignamente as crianças com diabetes do Rio Grande do Sul. Para isso, começou uma negociação com o Ministério da Saúde e conseguiu um terreno para construir um prédio onde o Instituto da Criança com Diabetes foi fundado.

Em 2000, o prédio começou a ser construído e este processo terminou em 2003. Assim, o ICD foi inaugurado em 2004. Ao todo são seis andares estruturados com uma equipe formada por endocrinologistas, nefrologista, oftalmologistas, psicóloga, psiquiatra, assistentes sociais, educador físico, enfermeiras, nutricionistas, entre outros profissionais.

Hoje o ICD atende mais de 3.000 pacientes e conseguiu redução de 91% das internações hospitalares através da assistência interdisciplinar integrada com um programa de educação que é diário.

Seu espírito empreendedor, determinado e visionário fez com que fosse indicado pelas ADJ Diabetes Brasil, Sociedade Brasileira de Diabetes e Federação Nacional das Associações e Entidades de Diabetes, para presidente da Federação Internacional de Diabetes da Região das América Central e do Sul, no biênio 2018-2019.

Sua proposta vai além das visitas aos países membros. “Meu legado será concretizar parte do trabalho que realizei na Sociedade Brasileira de Diabetes, ou seja, moldar o advocacy. Para isso, tentaremos visitar o maior número possível de países membros, com uma equipe que vai capacitar as associações de pacientes para que ganhem mais espaço na mídia e sejam fortalecidas para que possam ter condições para auxiliar mais pessoas. Outro foco será alinhar todo o trabalho de educação em diabetes e ensinar ou fortalecer mais o trabalho de advocacy, além de sensibilizar as autoridades locais sobre os riscos e tratamentos do diabetes”, detalha Dr. Balduino.

Sua missão de melhorar o acesso ao tratamento da pessoa com diabetes na região das América Central e do Sul pode estar ameaçada. “Estamos em busca de parceiros que possam nos ajudar nesta empreitada. A verba da Federação Internacional do Diabetes é pequena, mas acreditamos que com a sensibilização das empresas possamos realizar esse trabalho com êxito nesses dois anos”.

“O sucesso das ações de uma entidade depende do engajamento de todos, sejam associações, pacientes, entidades médicas, profissionais de saúde, autoridades e indústria. Dessa forma, tenho a expectativa de sensibilizar todos os estes públicos para que o acesso ao tratamento adequado seja aprimorado em todos os lugares que serão visitados”, finaliza Dr. Balduino.


Fonte: Portal De Bem com a Vida - Jornalista Vanessa Pirolo
Link da matéria: https://www.debemcomavida.com.br/o-novo-presidente-da-federacao-internacional-de-diabetes-da-regiao-das-america-central-e-do-sul/

Endereço

Rua Álvares Cabral, 529            
Cristo Redentor, CEP: 91350-250
Porto Alegre / RS

Contato

Email: icd@ghc.com.br                    
Fone: (51) 3362.7371
           (51) 3341.2450                   

Marcação de Consulta

Ambulatório: (51) 3341.4511
                       (51) 3357.2697 
Hospital-Dia: (51) 3357.2698